Atrai Blog

 

Aditivos para cimento: Como tudo começou

Written by: Fabio Haddad

ADITIVOS PARA CIMENTO: COMO TUDO COMEÇOU

O cimento e os aditivos,já eram antigos conhecidos dos egípcios que utilizavam materiais semelhantes nas suas construções. As pirâmides egípcias sempre despertaram fascínio e dúvidas na história.

Existem teses que defendem sua construção com pedras extraídas de jazidas próximas e sentadas através de força alavanca e roldanas. Porém a mais aceita, devido ao tamanho e a geologia das pedras, é de que elas foram moldadas no próprio local usando uma espécie de concreto com aditivos especiais, uma tecnologia muito avançada para a época.

A palavra é originada do latim CAEMENTU, é uma referencia a velha Roma que era construída com pedra natural de rochedos e sentadas com argamassa eaditivos especiais.

O engenheiro John Smeaton, por volta de 1756, buscava desenvolver um aglomerante que endurecesse mesmo em presença de água, de modo a facilitar o trabalho de reconstrução do farol de Eddystone, na Inglaterra.

Em suas tentativas, verificou que uma mistura calcinada de calcário e argila tornavam-se, depois de seca, tão resistente quanto as pedras utilizadas nas construções.

Em 1824, o construtor inglês Joseph Aspdin queimou pedras calcárias e argila e criou um produto duro como as pedras empregadas nas construções. A mistura não se diluía na água e devido às cores e propriedades de durabilidade e solidez semelhantes às rochas da ilha britânica de Portland, foi patenteada com o nome de cimento Portland.

Considerado um marco na história do cimento, em 1924 foi implantada a Companhia Brasileira de Cimento Portland " CIMENTO PERUZ "no Estado de São Paulo. O mercado recebeu as primeiras toneladas produzidas aqui, em 1926, iniciando a queda dos produtos importados até, praticamente, desaparecer nos dias de hoje.

Comments

There are no comments

Post a comment