Faça o seu orçamento e receba nossa Qualidade

Empresa inaugura usina em Goiás e tem autorização para construir mais trêsAtrai aditivos para concreto, cimento e argamassa

Written by: ATRAI

Usina Hidrelétrica em Goias

Ao inaugurar a Pequena Central hidrelétrica (PCH) de Tamboril, no município goiano de Cristalina, na manhã desta quarta-feira (11/11), a empresa paranaense Tradener recebeu autorização do governo de Goiás para a construção de outras três novas usinas, sendo mais uma no município de Cristalina e outras duas em Luziânia.

O Complexo hidrelétrico São Bartolomeu – que reúne os quatro empreendimentos – terá capacidade instalada total de 57,8 MW, o suficiente para abastecer cerca de 57 mil residências. O investimento será de R$ 410 milhões.

A PCH Tamboril, o primeiro dos quatro empreendimentos, possui capacidade instalada de 15,8 MW – o equivalente ao consumo aproximado de 13 mil casas – e contou com investimentos de cerca de R$ 110 milhões.

Representando o ministro de Minas e energia, Bento Albuquerque, esteve presente na cerimônia o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME, Paulo César Magalhães.

Benefícios

O secretário ressaltou a importância das pequenas centrais hidrelétricas para a segurança da matriz energética brasileira e destacou os benefícios da fonte, que gera energia limpa, renovável e de baixo impacto ambiental.

“Para nós é motivo de orgulho muito grande inaugurar a PCH de Tamboril, que se juntará às demais 421 PCHs e às 746 Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs), já em funcionamento no país. Temos um interesse muito grande na expansão da fonte, que além de ser um importante vetor de desenvolvimento regional, gera empregos e desenvolve a cadeia produtiva nacional”, afirmou Magalhães.

O presidente da Tradener, Walfrido Ávila, agradeceu o apoio do governo de Goiás e da administração do município de Cristalina no processo de construção da pequena usina e ressaltou o potencial de crescimento das PCHs no país.

Energia renovável de baixo impacto excelente iniciativa do setor energético brasileiro

Os aditivos ATRAI permitem excelente trabalhabilidade com baixo fator a/c reduzem o calor de hidratação evitam trincas, retém a água do amassamento e também impermeabiliza o concreto. A ATRAI fornece produtos excelentes para grandes peças de concreto.

“O que está sendo feito aqui é um grande exemplo para o Brasil. Desde o início, fomos muito bem recebidos aqui em Goiás, com a racionalização dos processos, gerando rapidez e eficiência nas etapas de liberação e construção de Tamboril. O Mesmo aconteceu na ANEEL, que emitiu nossa licença comercial no mesmo dia em que enviamos a documentação dos testes de funcionamento. Tudo foi implantado com muita rapidez, inclusive da Câmara de Comercialização de energia Elétrica (CCEE)”, afirmou o empresário.

O complexo hidrelétrico, de acordo com o presidente da CCEE, Rui Altieri, é estratégico, dada a sua proximidade com a Capital Federal. “Além da sua localização estratégica, o complexo hidrelétrico São Bartolomeu vai trazer progresso para a microrregião onde está inserido, dando mais segurança de abastecimento para uma cidade tão importante para o setor agropecuário, como é Cristalina”, afirmou.

Autor:THAYNÁ SCHUQUEL

Fonte: Link para publicação original



Atrai aditivos para concreto e argamassa

Os aditivos para concreto são incorporados na mistura entre cimento, água, areia e brita para dar características especiais ao concreto. Essas substâncias alteram as propriedades do material no estado fresco e thumbendurecido, podendo ser exploradas para ampliar as qualidades e minimizar possîveis desvantagens das misturas sem os aditivos.
O concreto aditivado pode ter sua trabalhabilidade, resistência, compacidade, entre outras propriedades, melhoradas, bem como permeabilidade, retração e absorção de água reduzidas.

Algumas das substâncias utilizadas na composição do concreto aditivado são os superplastificantes, retardadores de pega, aceleradores de pega e incorporadores de ar, entre outros. O preparo pode ser feito tanto em centrais, no modelo de concreto usinado, quanto nos canteiros de obras.

Conheça o ATRAI PLAST 1825

Desenvolvido para pré-moldados de concreto. O Aditivo de Cimento ATRAI PLAST 1825 altera as propriedades físicas e químicas da água, economizando até 25% de sua utilização.